O metabolismo humano é quem define a velocidade com que nosso organismo gasta calorias. Esse gasto calórico não é igual para todas as pessoas. Alguns fatores podem interferir na agilidade metabólica. São eles:

Fatores hereditários – se tem facilidade para ganhar peso à razão pode estar na herança genética adquirida através dos genitores.

Gênero – devido às diferenças hormonais e massa muscular inferior, a mulher pode apresentar até 10% a menos de gasto calórico  no dia.

Idade– com o passar dos anos o metabolismo humano tende a diminuir a celeridade.

Estatura– por princípio, indivíduos com altura superior e que possuam maior massa muscular tendem a gastar mais calorias.

Hábitos alimentares– a retirada ou redução drástica de componentes não planejados da dieta alimentar pode reduzir o ritmo metabólico.

Saúde- alguns problemas emocionais, estresse e mudanças hormonais podem afetar a celeridade metabólica. Alguns remédios como antidepressivos, antibióticos e anti-inflamatórios também podem interferir.

O que é a dieta metabólica?

dietaA proposta da dieta metabólica elaborada e desenvolvida pelo Dr. Mauro Di Pasquale, tem como método ingerir mais proteínas e menos carboidratos. A ideia é manipular os hormônios que são responsáveis pela construção muscular. Esse processo se dá por meio do aumento da queima de gordura corporal e da preservação da musculatura. Dessa forma, a dieta consiste em readaptar o metabolismo.

Vantagens da dieta metabólica

  • Redução da gordura corporal;
  • Aumento da massa muscular;
  • Vida mais saudável;
  • Maior saciedade.

Como funciona a dieta metabólica

A dieta metabólica prioriza a ingestão de proteínas, lipídios e vegetais durante a semana e o maior consumo de carboidratos somente nos finais de semana.

Semana: eleva-se a ingestão de proteínas com maior teor de gordura como: carnes vermelhas, ovos, peixes, queijos e etc. E de vegetais como: espinafre, repolho, brócolis, entre outros.

Finais de semana: deve-se reduzir o consumo de proteínas e gorduras. Coma mais carboidratos como: arroz, macarrão, batatas, pães, aveia e frutas.

Etapas da dieta metabólica

Fase rígida – esta etapa consiste em adaptar o organismo ao novo cardápio alimentar. Durante esse período deve ser observado como o corpo reage à ingestão mínima de carboidratos durante o dia. Essa primeira fase deve ser de pelo menos duas semanas, e a ingestão dos grupos alimentares deve seguir está ordem: 60% de lipídios, 40% proteínas e apenas 30g de carboidratos diários. Inicie sempre numa segunda-feira e encerre em uma sexta-feira, de forma consecutiva.

Reposição – nesse período a quantidade de carboidratos já foi definida e deve-se manter a mesma proporção utilizada na primeira fase. A diferença surge com a ingestão de mais carboidratos nos finais de semana para compensar a falta durante os outros dias da semana.

 Fase dos ajustes – esta etapa vai depender muito da finalidade de cada um com a dieta metabólica, pois outras fases podem ser acrescidas nesse período, caso haja uma necessidade de gasto maior de gordura, por exemplo.

Precauções – como esta dieta depende do gasto de gordura diário para funcionar, ela só deve ser realizada por quem exerce atividade física regular ou queira iniciar. Se o indivíduo não praticar nenhuma atividade física a musculatura do corpo pode sofrer desgaste intenso. Já que é o exercício físico que vai garantir a perda de gorduras ingeridas durante o dia.

Ainda Ficou Alguma Dúvida Sobre Emagrecimento? Clique No Link Abaixo E Deixe Sua Pergunta:

Deixe Sua Pergunta Aqui

Sugestão de plano de refeições durante a semana

Café da manhã – espinafre, ovos

Lanche – queijo amarelo

Almoço – carne vermelha ou branca, brócolis e azeite

Lanche – Atum

Jantar – cavala ou salmão, pedaços de queijo, salada e azeite

Ceia – queijo, óleo de pescados e semente da linhaça.

Após o treino –  salada com azeite e soro de laticínios (Whey protein).

Sugestão de plano de refeições para o fim de semana

Café da manhã – cereal, leite e passas

Lanche – frutas

Almoço –  massas integrais, espinafre, frango sem pele e quinua

Lanche – frutas

Jantar – massas integrais, queijo ralado e molho de tomate

Ceia – queijo branco desnatado, óleo de peixe e sementes de linhaça.

Eu testei a dieta metabólica e os resultados foram esses.

dieta

 

 

Ainda Ficou Alguma Dúvida Sobre Emagrecimento? Clique No Link Abaixo E Deixe Sua Pergunta:

Deixe Sua Pergunta Aqui

 

Gostou desse artigo? Deixe seu curtir e compartilhe com familiares e amigos. Deixe seu comentário abaixo no final da página.

 

abraços

Deixe seu comentário